Mercado

Casul realiza curso de formação de sangradores

O curso é realizado há 15 anos para atender um grande desafio: conseguir mão de obra qualificada para sangria.

 

Um dos grandes desafios do heveicultor é conseguir mão de obra qualificada para a sangria. Por isso, a Cooperativa Agropecuária de Parapuã (Casul) realiza há 15 anos o “Curso de Formação de Sangrador em Seringueira”, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Desde o início do projeto já foram realizados mais de 100 cursos para a formação de mais de 1,2 mil sangradores na região.

O curso abrange todas as etapas do trabalho no seringal, desde a divisão das tarefas, identificação das árvores aptas à sangria, abertura dos painéis, fixação de bica e caneca, até a realização da sangria propriamente dita, com atenção à profundidade do corte, consumo de casca e angulação, e também estimulação e tratamento de painel, além da coleta e comercialização.

 

Leia também: Curso Senar: Sistemas de Cultivo da Seringueira e produção de látex

 

Leia também: Filme: Pássaros de Verão

 

Fonte: Primeira Página com informações do site Borracha Natural.

 

Redes Sociais