Mercado

Composto biológico ajuda a controlar nematoides em seringais

Praga é encontrada na maior parte dos seringais do Noroeste Paulista.

 

Estudos na Unesp de Botucatu mostraram que os nematoides já estão presentes em praticamente todos os seringais do Noroeste Paulista. Os pesquisadores chegaram a encontrar mais de 200 mil nematoides em apenas 10 gramas de raiz. É uma superpopulação, que se prolifera de forma acelerada.

Os nematoides prejudicam as árvores, que ficam desfolhadas, não crescem e, às vezes, acabam morrendo. Nesse ponto, lembra o engenheiro agrônomo Paulo Brito, a solução é erradicar a planta.

O sítio localizado em Mirassol (SP) tem 34 hectares com seringueira, sendo que 7 foram afetados de forma mais intensa pelos nematoides.

Para combater a praga, o produtor Lúcio Roberto de Sá já tentou várias soluções, mas nunca nada tinha dado tão certo quanto a aplicação de um composto biológico feito à base de fungos e bactérias. É um produto que já está sendo fabricado por várias empresas brasileiras.

 

Leia também: Documentário lança outro olhar sobre Ciclo da Borracha no início do século 20

Leia também: Conheça as pragas e doenças que afetam as seringueiras

 

Fonte: Primeira Página com informações do site G1.

Redes Sociais