Varejo

Setores de comércio e serviços abrem mais de 9.000 vagas em junho

Atividades foram os que mais se destacaram, segundo a pesquisa da FecomercioSP.

 

Os setores de comércio (varejista e atacadista) e de serviços no Estado de São Paulo mostrou sinais de recuperação, segundo pesquisa da FecomercioSP.

Em junho, 9.238 empregos formais foram criados, resultado de 277.679 admissões contra 268.441 desligamentos. Com esse desempenho, os grupos encerram o mês com um estoque ativo de 10.114.899 vagas.

Enquanto o comércio apresentou estabilidade, o setor de serviços voltou a puxar alta, com abertura de 8.839 vínculos empregatícios.

 

Segundo a assessoria econômica da Federação, as empresas com até quatro funcionários se destacaram na abertura de vagas no primeiro semestre: foram quase 104 mil empregos criados por elas, ao passo que as que possuem mais de 5 colaboradores perderam em torno de 22,5 mil vagas no período.

O bom desempenho é justificado pelo crescimento dos pequenos negócios, pela proximidade com o cliente e pelo fato de esses estabelecimentos não terem significativa capacidade de reduzir o número de trabalhadores em época de crise, pois já operam com o quadro apertado – e quando a demanda aumenta, precisam imediatamente fazer novas contratações.

 

Leia também: Cresce o número de sites de e-commerce

Leia também: Google Showcase: conheça essa nova maneira de anunciar on-line

 

Fonte: Primeira Página com informações da FecomercioSP.

Redes Sociais