Notícias


Publicado em:
7
2/2019

Indústria do Plástico projeta crescimento de 2,5% este ano

A previsão é considerada conservadora pela Associação Brasileira da Indústria do Plástico (ABIPLAST), por esperar melhorias estruturais na economia.



Metatags: Expo Paisagismo, Plantas, Projeto, Construtora, Paisagismo
Divulgação

“O pior momento para a indústria ficou para trás, acreditamos que 2019 será de continuidade de uma recuperação lenta da indústria”, prevê José Ricardo Roriz Coelho, presidente da ABIPLAST. Segundo ele, no ritmo atual a produção da indústria só voltará aos níveis pré‐crise em 2023.

A expectativa de crescimento da indústria do plástico para 2018 era de 2,2% na produção física. Os dados da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a expansão do setor foi de apenas 0,8%. No período, foram produzidas aproximadamente 6,17 milhões de toneladas de produtos transformados.

Entre os setores da indústria de transformação, a de fabricação de produtos de material plástico é o quarto maior empregador e, dentre os cinco maiores empregadores, o que paga os melhores salários.

Em relação à geração de novos postos de trabalho em 2018, o cenário se manteve praticamente estável: foram criadas 483 novas vagas, uma alta de 0,2%. Assim, o setor encerrou o ano com 312,9 mil trabalhadores. Para 2019, a expectativa é crescer 2,2%, com a geração de 6,8 mil novos empregos.

Fonte: Primeira Página, com informações da ABIPLAST.


Últimas notícias

Banco Central revê previsão de crescimento para 2019

Segundo último relatório Focus, estimativa agora é de PIB 1,71% superior ao ano passado.
Leia Mais

Em 105 dias, varejo cresceu 1,8% em São Paulo

Só na primeira quinzena de abril, a alta foi de 6% sobre os 3,2% do ano passado.
Leia Mais

O que deve mudar no comportamento do consumidor brasileiro em 2019?

Neste artigo, Danielle Denys, gerente de marketing do Grupo Acerte, revela que, em todas as categorias de produtos, o consumo do brasileiro aumentou.
Leia Mais